29 abril 2007

Chamem o Malachai ...


é... domingão, nada pra fazer, nariz escorrendo devido uma gripe patrocinada pela sexta feira de abusos com cerveja gelada (não digam nada para minha mãe, pois eu tava tomando antinflamatórios pro ciso)...Então tudo isso e nada na tv, nada na internet, nada de nada...

M-A-R-A-S-M-O...

O jeito é escrever alguma coisa estupida com entuito que alguem não menos (estupido) leia...Não desmerecendo o caro leitor que lê este singelo blog, é claro!

Assisti a Colheita Maldita hoje antes de ver o jogo da final do paulistão (da-lhe São Caetano), cheguei a uma conclusão com relação ao Stephen King, ou ele é muito ousado e ninguém acompanha suas idéias ou tem preguiça de escrever até o final..

Quando ele escreveu o IT a obra prima do medo eu era criança, daí fizeram o filme, puta medo, quem disse que eu ia no banheiro de noite porque achava que o bozo do inferno iria aparecer no vaso ou na pia...Bem, quando eu era criança isso dava muito medo, mas daí a gente cresce e vê que uma aranha assassina alienigena não é tãããão assustadora assim, digo isso porque o IT no final das contas é um aracnideo gigante extraterrestre...Quanta imaginação Mr. King!

Eu penso que ele estava cansado na hora de escrever este final, me recuso a pensar que depois de toda aquela coisa de estourar o balão e seu pior medo acontecer, tudo isso ir por agua abaixo num final horroroso.

Tá, agora voltamos a colheita maldita, eu nunca tinha visto este filme e também ainda não li o livro, baseando no filme creio que um milharal com um espirito habitante tenebroso, um anão que se julga lider e crianças com foices não causam nenhum frisson...O ator que faz o médico desinformado que cai na cidade das crianças do milho é um puta canastrão, a mocinha é a Linda Hamilton que depois fez o Exterminador do Futuro, ambos deixaram a desejar no quesito "estou com medo deste milho assassino". Acho que era mais fácil morrer engasgado com o milho do que de susto, mas tudo bem vale a pena assisitir afinal é um clássico.

Destaque para o "Malachai" (Courtney Gains) que é o anarquista ruivo do filme, ele segue o lider anão ( que os caras queriam que a gente pensasse que era uma criança prodigio) depois vê que tem o dobro do tamanho dele e ainda por cima tem uma foice, se cansa do nanico e joga no milho.

Se não rola nada na TV leia o livro,quem sabe é mais interessante que o filme, que ainda tem o 2 ,3,4 e por aí vai...

Tudo bem que estou cassoando do filme assim sem nenhum tipo de medo e tal, mas pede pra eu entrar num milharal pra você ver, pede...Jamé!

Nenhum comentário:

Baú da Magô