15 maio 2012

E a culpa é sempre do Capeta!

Hey Fellas,

Recebi um vídeo via facebook que achei muito legal dividir com vocês!

Trata-se de uma opinião sobre as bandas Punks e Underground que estão tendo que trabalhar e isso pode significar vender seu conteúdo para a publicidade (comerciais de TV). O músico (comediante e ator) Henry Rollins (que já foi vocal do Black Flag) apresenta um discurso bem duvidoso a respeito desta questão: ser underground x tenho que fazer dinheiro.

Há quem diga que isso faz parte de um processo natural de endossamento de conteúdo, mas ao meu ver tira totalmente o espirito da coisa. Eu acho que se o artista quer vender sua música para McDonald, por exemplo, é um direito dele. Isso é necessário dependendo do ponto de vista, afinal você tem que fazer dinheiro, ter o capital girando, questão de sobrevivência. Em contrapartida, dependendo da forma que isso for feito as consequências podem ser enormes e trágicas. 

Não reclame depois se o seu público começar a confundi-lo com um BigMacVai acabar deixando a música vinculada a marca e o que tem isso de errado? Nada ... Alias, isso chama-se jingle ... Bem,  e a desculpa do manco sempre foi a muleta, não é mesmo?

A culpa é do Capeta, um salve  pro capetalismo!




....

Nenhum comentário:

Baú da Magô